Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 19 de Novembro, 2008

Hoje a minha mãe estava francamente melhor. De dia para dia está, sem dúvida, no bom caminho. Enquanto os resultados não saem, ando com o coração nas mãos.

Fiquei mesmo assustada com a questão de (eventualmente) já poder estar nos ossos... espero que seja, apenas, uma suspeição do médico...

 

A semana está a passar a correr e ainda não consegui fazer metade do que deveria... não há de ser nada...

 

Ahhhh e pelo meio ainda tenho de levar com o teu mau feitio. Que só vens tirar o resto das tuas coisas quando te der jeito. Interessa-te pouco que já estejamos divorciados. Que tenhas "saltado fora" e me tenhas deixado, de um dia para o outro num sufoco financeiro insustentável... isso já não interessa mesmo nada. Tirar as coisas e entregares as chaves é que não.

A minha (já muito pouca) paciência está a chegar quase aos limites. MESMO.

 

Bem, tenho de me ir deitar que amanhã o dia vai ser a doer...

 

Ahhh graças ao E. e AL já tenho (outra vez) internet a funcionar e, logo, já "re-acordei" para o mundo. :)

publicado por K às 00:34

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)