Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 29 de Outubro, 2009

Está quase na altura de eu ver se da lista que tinha elaborado para este ano... verificar o que foi cumprido... ou não. Uma da coisas que, apesar de estar muito melhor, mas longe dos níveis dessejáveis, é ,sem dúvida, a minha "refilice". E este  post será, acima de tudo, para refilar. Do quê? Nada, não....
Chega-se a esta altura do ano e... chovem "impostos" para pagar. Ele é a taxa de esgotos, o imposto municipal... e sei lá mais o quê. Se, ao menos, conseguíssemos vislumbrar, para onde vai o (exagero de) dinheiro que pagamos, todos os anos (e estou a referir-me a todo o tipo de impostos, do tabaco, felizmente é um dos que eu já não pago, do gasóleo, do IVA, do IRS... you name it!!! É que fico sempre com a ideia que os nossos impostos servem para pagar as extravagâncias dos nossos governantes (independentemente da cor política)... e não para o fim com que terão sido criados. O que é pior... é aquela sensação de que quem pode - leia-se, consegue arranjar formas, perfeitamente legais - foge a pagar os impostos que deveria. O que torna a "carga" muito pior para quem cumpre o dever.

Aqui, podem chamar-me de otária... (see if I care), mas eu defendo que TODOS deviam pagar (sim, excluindo, naturalmente, quem, das classes mais pobres, efectivamente não tem possibilidades, não os que fingem que não têm, atenção!), obviamente que este "recado" será mais para quem, tendo rendimentos bastante razoáveis, diria mesmo muito bons, não paga os impostos que deveria.

Mas, não é só. De uma vez por todas, a nossa classe política deveria apresentar contas do género: estão a ver o que vocês pagaram de IMI no ano de 2007? x% foi canalizado para aqui, y% para ali... e assim sucessivamente. Isso seria transparência, a bem de todos, incluindo de quem gere. Sim, porque esta coisa de que quem gere dinheiros públicos, faça boa ou má gestão, é sempre recompensado (e muito bem, diga-se) é vergonhoso. Que não tenham de prestar contas sobre a gestão do nosso dinheirinho!!! É gritante!!! Um ultraje!

Posto isto e depois de ter refilado... vou voltar para a minha labuta. Sim, porque com o que já tive de pagar de impostos este mês (a juntar, naturalmente aos meus encargos)... a coisa está preta! E, como, para mim, o dinheirinho não cai do céu... tenho de por mãos à obra. Mas... que me sinto completamente defraudada... sem dúvida!

tags:
publicado por K às 08:18

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)