Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 27 de Outubro, 2009

Alguém que me é muito querido deu ontem entrada no hospital, ainda não sabem se foi um AVC ou o que terá sido. Naturalmente, não estou nos meus melhores dias... apesar dos pesares. A ver se hoje consigo lá dar um saltinho só para lhe dar um beijinho. Sim, custa, custa horrores ir a hospitais - até porque no meu caso é um relembrar de inúmeras situações que gostaria de esquecer, de vez. Agora o que não compreendo é o egoísmo das pessoas que me dizem "eu não vou ao hospital ver a pessoa A ou B" - por vezes até são pessoas bastante chegadas - "porque não gosto nada de ir a hospitais e saio de lá sempre bastante impressionada/o". Não entendo. Será que esta malta, do alto do seu egoísmo, pensa que quem vai visitar vai porque gosta? Porque não tem mais nada para fazer? Ai e tal, vou às compras, ou ao cinema; não, se calhar vou antes ao hospital visitar a pessoa A ou B...
Não entendo. Mais, tenho alguma pena dessas pessoas. Porque não são capazes de entender que, por muito que lhes custe ir visitar ao hospital as pessoas que gostam (à maneira delas) e que saiam de lá impressionados, custa muito, mas muito mais, a quem lá está. A grande maioria das vezes, para quem está internado, cada minuto demora a passar como se de uma hora se tratasse. E, desde que não vão para lá com conversas da treta, receber visitas ajuda a passar um pouco o tempo, a esquecer, nem que seja por breves momentos, a razão da hospitalização. Por isso, deixem-se de merdas e façam o favor de visitar quem vos é querido!

Sim, mais logo vou lá dar um beijinho à C. ainda há duas semanas estivemos juntas e estava tão sorridente...

tags:
publicado por K às 13:09

É que tens mesmo razão...cada minuto que a pessoa passa lá, parece uma eternidade:S
As melhoras:)
Maria a 28 de Outubro de 2009 às 13:42


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)