Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 29 de Setembro, 2009

Acabadinha de chegar do concerto dos meninos. Gostei. Muito bom enquanto espectáculo - é defeito de profissão, eu sei, mas com tanta pirotecnia, houve alturas em que olhava, constantemente, para a saída de emergência mais próxima, como que, mentalmente, a calcular o número de metros até lá (e, não, naturalmente que não foi por acaso que assisti, durante as duas horas e tal, perto de uma delas). Achei bastante curiosa a forma como ele estava sempre a interagir com o público - incluindo levando pessoas da plateia para o palco, houve um que teve direito a tocar guitarra e tudo.
Gostei bastante, mesmo. No entanto, tenho de admitir que os Xutos metem-nos a um canto. Talvez porque são muito mais anos, mesmo assim. Não se podem comparar, mas se tivesse que o fazer, o concerto de Sábado está numa escala planetária bem acima deste de hoje. Estes meninos só têm mais é de se aplicar, chegam lá...

tags:
publicado por K às 00:16

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)