Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 18 de Setembro, 2009

Vim passar o fim-de-semana (ou grande parte dele) a um sítio que me é muito querido. Em primeiro lugar porque, apesar de ter nascido em Lisboa e ter vivido toda a minha vida nessa cidade linda, as minhas origens são daqui. Em segundo lugar porque todas as minhas férias (incluindo mini-férias de Carnaval e afins) até eu ser gente - isto é, começar a fazer férias com os amigos - foram passadas aqui. Logo, quer eu queira, ou não, estarei, para sempre ligada a este local. Tenho excelentes memórias. Também me recordo de outras coisas menos boas, faz parte. Felizmente que a razão que me traz por cá é das melhores: amanhã tenho o casamento de um primo (um dos muitos, que, felizmente, a família é bastante numerosa). É nestas alturas que se consegue reunir (quase) toda a gente. O que é giro, porque podemos estar anos sem nos ver (com alguns vou falando seja pelo tufone, pela net, etc., outros há que simplesmente não nos comunicamos, porque cada um segue a sua vida) é que retomamos a conversa como se nos tivéssemos separado há coisa de 10 minutos. É certo que não me sucede com todos, mas, felizmente, com a grande maioria.

Mas é inevitável, cada vez que venho cá, sou invadida por alguma nostalgia, ao recordar quem já não está presente - pelo menos fisicamente - e de quem tenho muitas saudades, mesmo. Estou a referir-me aos meus avós (infelizmente pertenço ao clube que já não tem nenhum deles vivo). Isto é passageiro, meaning que fico assim, meia "xururu" durante um "becadinho" e depois passa. Acho normal.

Mas gosto de vir cá, de vez em quando. Desde que cheguei, vai fazer para aí uma hora e meia que começou a chover como se não houvesse amanhã, a sério. Se continua assim, não tarda, teremos um dilúvio. E o que é pior... o meu vestido é de Verão, eu não vim preparada para o frio... vidas!

publicado por K às 22:31

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)