Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 17 de Agosto, 2009

Quando acordamos super-hiper-mega bem dispostas mas, por vezes isso só não chega, eu sei. Para além da sensação "estou podendo" (tem de ser lida com sotaque brasileiro, portanto, faça o favor de voltar a ler, desta vez em voz alta, bem eloquente, o que está dentro das aspas... ou talvez não!) - dá para ver que estou muito bem disposta... certo? Era só (mais uma achega) para ilustrar o meu estado de espírito... anyway, para além da sensação "estou podendo", quando chegamos à bomba de gasolina para beber um café e comer um doughnut (sim, apeteceu-me e, melhor do que isso, desde que deixei de fumar não tinha voltado a entrar numa bomba de gasolina, vai daí, dei por mim a pensar "there's something new.. estar aqui e não precisar de comprar tabaco... yes!!!") - porque será que estou sempre a desviar do assunto principal? Será que não há "matéria" / "substância" suficientemente interessante que me mantenha na rota? Oh vida... Recapitulando: Sabemos que o dia vai ser óptimo, quando ao entregar ao rapaz da caixa um vale de café, com o meu eterno jeitinho, consigo rasgar um dos vales. E o que faço? Pois é óbvio que me começo a rir - calma, desta vez não foi nenhum ataque - ele há melhor forma de encarar as coisas? O rapaz todo simpático, aceitou-me o vale mesmo todo rasgadinho ao meio (pois se não quisesse aceitar é que iria ser pior). E é assim. Agora que penso nisso... acho que, efectivamente, este post não tem ponta por onde se pegue. É que nem vai ajudar, eu afirmar que voltei a ter um grande momento karoke enquanto vinha aqui para o escritório... o melhor é fazer-me à vida, que é como quem diz, despachar o que tenho para fazer, aguardar pelos meus colegas para a bela da meeting e... ver se consigo gozar o resto do meu (primeiro) dia de férias, efectivamente, longe do escritório.

E já viram que está um dia lindo?
Sim, eu sei que parece (só parece?) que vi passarinho azul, estou apaixonada... e, de certa forma, sim. Mas, contrariamente ao "instituído" não tenho um novo amor (fisicamente falando de algum rapaz), simplesmente estou apaixonada pela vida (não, não é por mim, não me faltava mais nada!). E tenho excelentes razões para tal. Aproveitem-na bem, deste lado, eu estou a fazer por isso. Ele há outra forma de celebrarmos?

publicado por K às 07:11

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)