Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 16 de Outubro, 2008

Está tudo em crise, as bolsas estão (outra vez) a descer, as taxas de juros (continuam) a subir... mas, eis que abre mais uma grande superfície comercial em Portugal (em Matosinhos), e as pessoas fazem fila para serem dos primeiros a entrar. "Porque tinham curiosidade e queriam aproveitar as promoções".

Do melhor.

Não tenho nada contra as grandes superfícies. Mesmo.

O que me faz confusão é esta mentalidade(zinha) de "povão" de fazer excursão aos Centros Comerciais: quando são inaugurados, ao fim-de-semana, quando chove, quando faz sol, quando está frio, calor, ...

É óbvio que os Centros Comerciais dão muito jeito, mesmo. Mas há outros locais para visitar "quando não há nada para fazer". Digo eu. Sejam locais culturais, jardins, praia, etc.

Portugal no seu melhor, é o que é.

tags:
publicado por K às 16:33

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)