Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 05 de Agosto, 2009

Saio de casa e, ao pegar no carro noto que há algo de estranho. Sim, o carro está sujo - nada de mais, claro, o habitual; sim, liguei as luzes (mesmo estando na garagem e havendo luz, acho sempre preferível os vizinhos verem-me), ... é isso!!! Esqueci-me de por as lentes! O.k., como já estou atrasada, vou mesmo assim. Não há de ser nada. Eu até consigo ver, mais ou menos, sem lentes. Sim, não consigo distinguir feições das pessoas (eu não vou andar muito na rua hoje), assim como assim, passo por mal educada, não há strec.

Chego ao local onde passei o dia de trabalho e constato que me falta o telemóvel (do trabalho). Lindo!!! "Tufono" para o dito (com o meu "tufone" pessoal), toca, toca e... nada de eu o ouvir. Excelente, ficou em casa! Isso ou entre o percurso casa-local onde me encontro, o carro ficou com buracos e o telefone desapareceu. Espera... hoje resolveste ir deitar o lixo fora (é muito raro fazer isto de manhã), vá que o telefone tenha ido na leva... - foi o que a minha fértil imaginação começou logo a divagar. - Sim, lembrei-me que tinha a empregada em casa (ao fim de dois meses, e foi tão bem recebida!!! que saudades!!! a sério, que maravilha foi chegar há pouco a casa... adiante que estou a afastar-me da questão). Mas, hélàs, o número de telemóvel da empregada (e o de minha casa também) estão todos gravados no "tufone" do trabalho... no que estava comigo... rien! Do melhor... Lá me consegui desenvencilhar... decididamente... férias, eu preciso de férias!!!!

Sim, estou a ser bem sucedida em mais esta nova mudança, ahhhh pois é!!!!!!!

publicado por K às 19:41

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)