Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 30 de Outubro, 2012

Efeitos secundários da privação do sono... e que nunca ninguém teve coragem de afirmar:

Se dormes pouco, depois de alguns dias com muito trabalho e sempre a roubar horas ao descanso, é muito provável que fiques com uma hiper-mega-giga-tera sensibilidade. Experimentei há pouco e posso comprovar que sou a prova viva desses efeitos secundários.

E o que sucedeu? Vejam lá se tem algum cabimento...

 

Chego ao aeroporto e na zona do free shop - que, by the way, está muito mas muitoooo melhor - deparo-me com uma zona (que todos os viajantes terão de passar) bastante recente (fiquei na dúvida se não estariam a inaugurar hoje, vejam só!) em que existem várias marcas num mesmo local (como sucede no Corte Inglês) - até aqui nada de novo, bem sei. Esta "nova" zona, intitulada «Taste of Portugal» (ou algo semelhante) tem só produtos produzidos no nosso país. É um hino a Portugal. E digo-vos, fiquei tão orgulhosa dos produtos que estão a ser comercializados - fiquei com vontade de comprar inúmeras coisas, como algumas t-shirts (bem giras! algumas da autoria da Joana Vasconcelos) e outros produtos. Esqueçam os paninhos de cozinha e afins. Objectos de design espectaculares. Só mais um exemplo, uma caneca "estilizada" com o galo de barcelos. Fantástico! Mesmo. E de tão orgulhosa fiquei... vieram-me as lágrimas aos olhos. E nem sequer foi uma simples "emoção", se não tivesse desenvolvido esforços consideráveis (leia-se estabelecer um elevado auto-controlo) teria desatado a chorar, qual Maria Madalena abandonada. Juro!

 

Sim, eu sei... eu não sou normal. E as poucas horas de sono terão feito o resto. Mas a verdade é que, ainda para mais nos dias que correm, é tão bom ficarmos orgulhosos de nós, enaltecermos o nosso país. Even after all. Ofereceram-me, inclusivamente, um crachá com um dos corações-brincos da Joana Vasconcelos (a recordar os típicos minhotos) e cuja embalagem publicita em português e inglês :

«Nós descobrimos o Mundo.

Chegou a sua vez de descobrir Portugal.

Leve Portugal ao peito»

 

E sim, estou com uma vontade "quas-incontrolável" de o colocar, efectivamente, ao peito (o crachá, entenda-se).

 

Confessem... já tinham ouvido falar de semelhantes efeitos secundários?

Vidas!

tags: ,
publicado por K às 10:01

Xiiii... eu não ouvi falar... eu senti-os na pele, muitas vezes já :p

No meu caso mais pelo acumular do trabalho junto com a criança...

Mas sabes, no fundo (bem no fundo) eu até gosto desta agitação.

Bom trabalho :)

Lisete a 2 de Novembro de 2012 às 09:06


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)