Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 14 de Outubro, 2012

Ontem, durante a aula (durou o dia inteiro), o professor, às tantas afirmou qualquer coisa como "quando o Bin Laden morrer...", a propósito das diferenças entre "prediction" and "forecast". Gostei imenso da aula e do professor. E tive vontade de lhe dizer que, em calhando, mais valia actualizar o exemplo... é que o homem já morreu, dizem, e, já não há qualquer questão se será uma "prediction" ou "forecast"...

Mas, pronto, não havia necessidade e, na essência, creio, todos entenderam a questão.

Ainda sondei a audiência e perante o olhar absolutamente normal, creio, haveria ali malta a achar que, efectivamente, o Bin Laden ainda anda por ai...

publicado por K às 11:29

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)