Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 16 de Setembro, 2012

Com muita pena minha, ontem não fiz parte dos milhares que invadiram as ruas de norte a sul do país.

Orgulho-me da imensidão de pessoas, independentemente de credos, cores políticas, ... que de forma ordeira (sim, na generalidade) transmitiram as mensagens a quem de direito. Revejo-me em manifestações, movimentos, como o de ontem em que não existe qualquer conotação política associada, apenas o cidadão comum, anónimo. O tal que, supostamente, não se consegue organizar e, por isso, é sempre quem leva com a pior fava.

Haverá memória de ruas tão cheias? (Pronto, depois do 1º de Maio de 74...)

 

E a pergunta que fica no ar é... será que a mensagem foi bem recepcionada?

 

Emocionei-me a ver as reportagens na televisão, pelo menos algumas e tenho pena que, para alguns, mais autistas, seja tão difícil percepcionar o estado a que chegámos, fruto de dezenas de anos de desgoverno total.

 

Devo também confessar que quando vi, uns dias antes, as enchentes por causa do "night fashion" cheguei a pensar que ontem não se chegaria a um número significativo de pessoas na rua. Afinal eu estava errada.

Obrigada, Portugal, por me demonstrares que somos, efectivamente, gente fantástica e sem medo de, pacificamente, passar a mensagem devida.

tags:
publicado por K às 08:33

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)