Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 22 de Agosto, 2012

Como tenho andado a reduzir drasticamente, com sucesso, o número de cafés ingeridos, tendo-me virado para o belo do chá, vá de beber essa iguaria várias vezes ao dia. Há pouco andei um pouco atarantada à procura da minha caneca do chá - para reforçar a dose - e nem vê-la. Procurei-a nos locais mais óbvios. Nos menos óbvios também. E sim, o escritório pode ter muito locais recônditos... mas não poderia ter desaparecido. De repente, fez-se luz no pobre do meu neurónio... a bela da caneca estava (ainda) dentro do micro-ondas. Tinha lá ficado quando, a meio da manhã, fui aquecer e... não mais de lá saiu. Coitada. Enfim resgatada, encontra-se, agora, no local devido. Coisas da K., pois então, que isto do alemão tem destes efeitos.

publicado por K às 12:45

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)