Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 25 de Julho, 2012

Acabei de ler aqui: o José Rodrigues dos Santos e a sua Fórmula de Deus está em número um, nos livros mais vendidos na Fnac, em França. Parabéns! Porque é Português, porque gosto dos livros dele, porque gostei da trilogia (Codex 632, Fórmula de Deus e Sétimo Selo), com o Tomás Noronha como personagem principal, e porque são boas notícias. Lembro-me quando li, pela primeira vez, ter pensado que não ficavam nada a dever ao Código de Da Vinci, do Dan Brown. Pode ser que tenha chegado o momento de (mais) este reconhecimento.

 

 

[Actualização, tinha-me escapado o quarto volume da saga, que ainda não li... A Fúria Divina, o autor que me desculpe. Como tal, deixamos de poder chamar-lhe trilogia, as aventuras do Tomás já são uma tetralogia]

publicado por K às 13:13

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)