Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 23 de Julho, 2012

A vida é um teste, permanente. Nunca estás, completamente, preparada para uma situação... até seres,efectivamente, confrontada com ela. Por muito que a idealizes. Por muito que penses que irás reagir desta ou daquela forma. Esquece tudo isso. Tudo. Quando chega a hora "h", ficarás surpreendida, seja pela positiva ou pela negativa, com a tua forma de agir.

 

Aconteceu-me ontem, ao fechar o fim-de-semana. Fui confrontada com uma notícia e perante a mesma foi uma mistura de sentimentos. Em momento algum a revolta fez parte deles. Mas não pude deixar de ficar muito triste, muito abalada mesmo. Afinal de contas sou humana! Em simultâneo fico feliz, a sério. E racionalmente sei que será melhor (à partida!). E eu imaginava que um dia, este dia chegaria, mas nunca pensei (que fosse já!) e que os meus sentimentos fossem estes.

 

De um momento para o outro, tudo muda. E assim é a vida. Estamos cá para isso mesmo, para tirar o que ela tem de melhor. Para aproveitarmos, bem, cada momento. E para nos deixarmos de tretas! Temos de aproveitar os (poucos) momentos de felicidade que vamos tendo, ou que nos são disponibilizados.

tags:
publicado por K às 10:35

Há certos acontecimentos que têm esse poder sobre nós. Nem sabemos bem como devemos reagir, é uma mistura de alegria e tristeza ao mesmo tempo.

Mas é mesmo assim, a vida dá muitas voltas...

Tenta tirar sempre o melhor de cada momento, mesmo que na hora te pareça dificil (ou mesmo impossivel), tudo tem um lado menos mau.

Beijocas :)
Lisete a 23 de Julho de 2012 às 20:16

Beijinho! E obrigada!
K a 27 de Julho de 2012 às 13:25


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)