Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 01 de Junho, 2012

Há pessoas que se acham o supra sumo. Lançam charme a torto e a direito. Pelo menos têm alguma classe - para ser sincera, são os que me deixam com mais receio (preconceito meu!), mas já lá vamos.

 

Até podem ter alguma razão para essa atitude mas... com essa postura, pelo menos da maneira como eu vejo as coisas... deitam logo tudo a perder. Sim, naturalmente, entro no jogo, até porque é uma questão completamente inofensiva e, no limite, estamos só a massajar-lhes o ego. Mais nada. E sim, é um tudo nada de dose a mais de simpatia e bom anfitrião que deitam tudo a perder.

 

E porque é que os que, supostamente, fazem "comme il faut", sem brejeirismos, sem piadolas fáceis, me deixam com algum receio? Lá está... porque serão os mais prevaricadores, com ou sem alguma "sonsice" e, a julgar pelas histórias que conheço (reais!) os que, efectivamente, mais vezes pulam a cerca. O que fazer? Não deixar a corda esticar muito - naturalmente há formas de controlar - e deixar bem claro que, pelo menos do nosso lado, não existem quaisquer segundas ou terceiras intenções (há sempre maneira de passar a mensagem sem equívocos).

 

E giro ver que há pessoas que, efectivamente, não mudam... nada!

tags:
publicado por K às 17:02

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)