Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 06 de Maio, 2012

Um beijinho especial para a minha mãe, neste primeiro dia da mãe, sem a minha mãe por perto.

 

Faz-me falta, muita.

Faz-me falta ter com quem desabafar, como fazia com ela.

Faz-me falta ter quem me ouvisse, como ela.

Faz-me falta quem me chame a atenção, como ela.

Faz-me falta quem me encoraje, como ela.

Faz-me muita falta.

 

Há mães que não merecem esse título. Não era o caso da minha.

Eu tive a sorte de ter uma excelente mãe.

São tantas as saudades, tantas, que, por instantes, penso que não vou aguentar.

Mas, lá consigo dar a volta, nem sei bem como - ou melhor, sei, porque ela está a ajudar-me a isso.

 

Um grande beijinho mãe, com muita saudade.

 

Sei que agora está bem, sem aquele sofrimento atroz e todas aquelas limitações que, nos últimos tempos, a obrigaram a dores insuportáveis.

Sei que, entre nós, nada ficou por dizer. Nada.

Sempre nos apoiámos, mutuamente.

Conseguimos ter como base no nosso relacionamento de mãe-filha, uma fortíssima amizade, grande cumplicidade, muito respeito.

Tantas vezes falavámos sem transmitir um único som. E a mensagem passava, sem mal entendidos.

Quantas vezes tínhamos ataques de riso, como as raparigas de 12 anos.

Desde cedo ultrapassou o tradicional amor filial. Sim, porque era uma mulher extraordinária e conseguiu transformar o meu muito mau feitio - pelo menos com ela - e sempre nos entendemos como ninguém.

Partilhámos uma vida de alegrias, algumas dificuldades, alguns dissabores, muitos desafios.

Acima de tudo, o seu exemplo (a tudo), o seu amor, a sua perseverança, rectidão, amizade e entrega aos outros foram, entre outros, os melhores legados que poderia ter-me deixado.

Muito obrigada por ter sido A minha MÃE

Não poderia ter tido uma melhor.

 

Sei que continua, atenta, como sempre, (mãe galinha!) e a vigiar.

Um grande, GRANDE beijinho.

tags:
publicado por K às 19:12

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)