Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 30 de Abril, 2012

Um dos principais, senão O principal, motivos para estarmos como nos encontramos é, sem sombra de dúvida, sermos o belo país à beira mar plantado e onde impera o desgoverno típico de uma real República das Bananas.

Onde todos querem mandar, todos querem ser chefes, todos querem não fazer nenhum - essa é, pensam eles, o verdadeiro papel do chefe - todos fingem que fazem (esta aprendemos com os ingleses, para quem não sabe! (*)), todos complicam a vida aos outros, os que querem, efectivamente produzir. Depois, quem tem o poder para decidir, para dizer "basta!, acabou o cada um a fazer o que entende!" não o faz, pelas mais variadas razões.

O que é pior... é que mesmo apesar da troika... vamos continuar a ser a república das bananas. E vivó desgoverno! Até temos bom clima e sol durante quase todo o ano. Não precisamos de mais nada.

 

 

(*) a belíssima frase "para inglês ver", posso afiançar-vos com real conhecimento de causa, é isso mesmo. Se trabalharem com ingleses, depressa vão entender. Eles só fingem que fazem, que são os maiores e os melhores. Para eles, o que lhes interessa é o que aparenta. Pelo que, se fizerem como eles... apenas simulam que fazem e tudo acaba bem.

Quem diria, hein?

publicado por K às 13:05

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)