Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 09 de Outubro, 2008

Ontem um amigo (ou melhor, um grande amigo) constatou que eu ainda estou a usar a aliança e comentou o facto comigo. Respondi-lhe que até ao dia da assinatura do divórcio irei usá-la - porque sim, é uma questão de princípio - e que, por outro lado, é uma questão de "defesa", desta forma, quem não sabe de nada... não faz perguntas.

Curioso, ou talvez não, foi o facto de hoje, quando nos encontrámos para que tu assinasses os papéis para o divórcio - que eu fui levar à advogada - ter constatado que tu já não usas aliança. Estranho não é. Em primeiro lugar, a decisão foi tua. Em segundo lugar, cada um é como é... e quanto a isso batatas. Também não é pelo facto de usares, ou não, a aliança que altera as coisas entre nós.

 

Entretanto, já iniciei a (difícil) tarefa de arrumar as coisas. Em especial as tuas - sim, tinha de sobrar para mim esse fardo. Porque tu dizes que não tens para onde as levar... muita sorte tens tu que eu não as ponha à porta - mas também as minhas. Vou separar o que há a separar. Este fim-de-semana, já está "marcado", vou tirar as fotografias e tudo o que é teu e que esteja à vista. Para poder "seguir em frente", mesmo ficando no mesmo sítio. Para isso, claro está, vou ter de encaixotar as tuas coisas. Isto só eu. E só a mim... está visto.

 

Só queria, mesmo, acordar e tudo isto estar resolvido. Em especial a questão financeira que, neste momento, é o que me preocupa e muito. Sei que vou ter de ter (mais) paciência. Logo a crise económica tinha de acontecer nesta fase da minha vida... vidas!

Não há de ser nada e amanhã é outro dia.

Vou arrumar as coisas em vez de estar para aqui a escrevinhar.

publicado por K às 19:01

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)