Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 28 de Junho, 2009

Ocorreu-me que naquela colecção de livros "... para totós" (há de tudo, desde o tema informática, fotografia, línguas, etc.) falta, pelo menos, uma versão: "A minha vida para tótós". Ou melhor, ".. para tótó" - sendo que obviamente a tótó sou eu!
Não era para eu saber "o que me vai acontecer", tipo prognóstico ou horóscopo... whatever, nada disso. Era para ver se eu meto na minha cabeça e no meu pobre neurónio uma série de coisas que não há maneira de serem assimiladas... Agora que penso no assunto... o título devia ser outro: " (o meu nome) para a tótó". Claro que teria apenas um exemplar, seria para mim, naturalmente.
Assim, cada vez que eu estava a passar por uma determinada situação... na dúvida - e antes de fazer qualquer "asneira" - poderia consultar e recordava que «perante a situação A, tendes a agir da forma B, o que nem sempre é bom para ti. Se não consegues, ainda, ter a atitude C, o melhor é fazeres...». Seria também conveniente que o único exemplar fosse do tamanho "bolso", para eu andar com ele atrás. O que colocaria outro problema... tinha de ser um tamanho "bolso" muito pequenino, é que, às vezes, a mala (por exemplo para as saídas à noite) é mesmo muito reduzida e já é um sarilho conseguir colocar lá dentro tudo o que é essencial...
Sem dúvida que seria uma excelente ajuda.
Sim, eu tenho noção que iria tirar, um "becadinho", do "gozo" da vida... no aspecto em que, por vezes, temos de bater não-sei-quantas vezes com a cabeça... até aprendermos. O problema é que, às vezes, tenho ideia que não há maneira de eu aprender... oh vida!!! E isto tudo porquê? Por nada... está relacionado com um episódio de ontem à noite...

publicado por K às 09:01

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)