Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 13 de Abril, 2012

Um dia de cada vez.

Um dia para quem tem dias.

Um dia atrás do outro.

 

Ainda ontem tomei uma decisão que foi implementada no momento.

Deixei de usar preto - desde o dia 28 que utilizada só esta cor, sozinha ou com jeans - por muito que o meu luto continue por muito mais tempo. Creio que também preciso fazer um esforço para não me refugiar neste estado. E isso também passa por, a etapa do seguir em frente, fazer um esforço e deixar o tom monocromático escuro. Ideias minhas - who else?

 

O dia de ontem, está bom de ver, não foi escolhido à toa. No dia de anos da minha mãe utilizei a sua cor preferida, o encarnado - passei quase do 8 ao 80, coisas da K., é normal - e vesti um conjunto saia (preta) casaco e top encarnado que ela gostava muito. Tenho a certeza, sem qualquer sombra de dúvida, que lá em cima ficou toda orgulhosa.

 

Se foi um dia que custou a passar? Sem dúvida. Mas, apesar de tudo, creio, consegui vivê-lo com tudo o que tinha para (me) dar. A saudade, a lembrança das coisas boas, o partilhar com os amigos, o continuar a celebrá-la e a recordá-la, de modo saudável. Foi um dia especial, como são e serão tantos outros. Acima de tudo acho que tenho (mais) esta obrigação: continuar a deixá-la orgulhosa. E, até ver, não tem motivos de queixa.

 

P.S.: sim, continuo a ser um tudo nada desarrumada em casa, mãe, eu sei... mas isto tem dias ;)

tags:
publicado por K às 08:49

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)