Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 25 de Junho, 2009

Nem sempre é fácil tomar decisões. Há algumas mais complicadas, do género: compro coca-cola ou pepsi? Esta é fácil, não há dúvidas. Agora outras há em que para além de demorarmos algum tempo a amadurecer a ideia (que nos vai levar a tomar a melhor decisão, baseada na informação que temos até ao momento), por vezes, mesmo sabendo que poderá ser o melhor caminho... nem sempre é fácil agarrar na "trouxa" e seguir. Há alturas em que não é mesmo nada simples. Faz parte da nossa vida (é mais uma coisa que) nos faz crescer. Não somos adultos? Então temos de tomar decisões, mesmo que nos custem horrores.
Ocasionalmente o mais complicado não é tomar a resolução, é cumpri-la, à risca, sem fugir um milímetro que seja do objectivo traçado.

Estou numa dessas fases. Relativamente a qual o caminho a seguir, não tenho qualquer dúvida, mesmo. A questão são os "desvios" que me andam a tentar seduzir. Alguns bem fáceis de negar, outros nem por isso. No entanto, quero continuar a ser fiel a mim (mais do que a qualquer pessoa, sempre) e, para tal, tenho de me manter "firme e hirta, como uma barra de ferro" na rota traçada. Sem deixar que pequenos obstáculos me façam desviar, desistir, voltar atrás. Não baixar os braços perante o calor (hoje, por sinal, até está mais farrusco) que se faz sentir, sem que eu vislumbre qualquer abrigo, uma mísera sombra que seja. Vou ter de conseguir (em alguns casos é quase fazer das tripas coração, ou melhor, esquecer e não dar qualquer atenção aos meus sentimentos) ignorar esta súbita vontade de me deixar ir pelo caminho que não está programado - leia-se que, de uma forma ou de outra, infrige alguns dos meus princípios básicos enquanto ser humano, mulher e a minha própria "personalidade".
Se vou conseguir manter-me fiel a mim própria, só o tempo dirá.
Mais uma vez - onde é que eu já vi este filme? Porque será que tenho sempre a sensação que a minha vida parece que tem sempre a lotação esgotada num daqueles filmes em que algumas cenas teimam em repetir-se? - vou ter de conseguir ser mais forte que a tentação, mostrar a mim própria que sou capaz e vou conseguir cumprir os meus objectivos.

publicado por K às 08:16

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)