Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 08 de Abril, 2012

Ando numa fase de por tudo em causa. Tudo. Ou quase. Até tenho receio do que possa resultar. Às tantas, não dá em nada. Logo se vê. Mas por estas bandas anda-se em balanço... como antigamente as lojas faziam, na passagem da colecção de Inverno para a Primavera.

 

(actualização às 19:33:

 

Para terem uma ideia e a propósito do post da Shadow:

«Às vezes temos de ficar calados. Sobre pena de magoarmos demais os outros, ou pior, sob pena de mostrarmos o nosso lado negro, o nosso ponto fraco.»

 

A minha resposta, creio, elucida a fase introspectiva que me tem preenchido.

«Não sei o que é pior... «ficarmos calados, para não mostrar o nosso lado mais negro...» ou sermos fiéis a nós... "no matter what", assumindo todas as consequências. Porque se calamos muito ou durante muito tempo, podemos correr o risco de estarmos a falhar com quem mais interessa: "nós"!»

 

A ver se quando esta lua passar... terei à minha frente, finalmente, a luz necessária para o caminho que desejo percorrer.

publicado por K às 19:24

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)