Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 07 de Março, 2012

Depois de ler o último post da Luna, recordei-me de algo que, volta na volta, me vem à cabeça.

 

De vez em quando eu tenho a sensação que devo, mesmo, ter alguma coisa "kármica" para resolver (desta vez?), relativamente a consolar / confortar pessoas. Não interessa o quão mal eu esteja. Haverá sempre alguém, melhor ou pior, isso não interessa nada, que está à espera que seja eu a consolá-la. Mesmo que tenha sido eu a efectuar o contacto - por exemplo, via telefone, ou assim - juro!

 

E se já tinha essa ideia, depois dos episódios da semana passada tirei a limpo quaisquer dúvidas que ainda pairassem sobre o meu neurónio. Foram inúmeras - felizmente não foram todas, longe disso, mas ainda foram bastantes - as pessoas que estavam à espera que fosse eu, EU, a confortá-las naquele momento.

 

Se isto não é karma - o que é que eu entendo disso? - deve ser algo semelhante... não?

tags: ,
publicado por K às 23:03

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)