Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 17 de Junho, 2009

Será que alguém consegue explicar-me, com todas as letrinhas, vírgulas, pontos e restante pandilha da pontuação, como é que em Portugal se continuam a construir acessos (entradas e saídas) de vias rápidas sem ser por via "área" (desculpem lá, não é a minha área, não sei os termos e isso agora também não vem ao caso) ???
Neste país maravilhoso (e hoje está um dia lindo e, ao que parece vai estar um calor daqueles - o que é óptimo porque aqui no escritório o ar condicionado está avariado... não é tão bom?) em vez de se fazerem as entradas "desniveladas", sempre ajuda - digo eu na minha perfeita ignorância - a escoar um bocadinho mais, um tudo nada, o trânsito.... como se vê. aliás, em tantos países por esse mundo fora, nós optamos pela forma "tradicional".
Fazemos simplesmente as entradas e saídas, não interessa mesmo nada que isso vá congestionar de forma aberrante, a tal via rápida... isso são detalhes. Ah e tal, é porque é mais caro - sim, a verdade é que nas obras cumprem sempre o orçamento à risca, não há "desvios" / "aumentos" de 200%... mas mesmo sem ir por aí... será que alguma vez alguém fez as contas, face ao "mais caro que ficará", o quanto custa o tempo que as pessoas perdem em filas devido a esta opção? O quanto isso se traduz em improdutividade? Para já não falar em irritação / para alguns recurso a fármacos...
E porquê isto tudo, logo hoje? (Pode não parece mas estou com muito bom humor).
Por nada não... é só porque saí de casa às 07:30 e até há uns dias atrás, isso significava que, no máximo (caso não existissem acidentes no caminho) às 07:50 já estava no trabalho. E hoje? Cheguei às 08:17. Tudo porque com as obras de finalização - depois de, quantos é que foram mesmo... 10 anos? - da CRIL (no final da 2ª circular) a fila chegava ao estádio da luz. Ou seja, a fila para sair de Lisboa, aquela hora era monstruosa... isto tudo porque, agora quem utiliza a radial de Benfica tem de entrar no final da 2ª circular, para, 300 metros à frente, voltar a sair. O trânsito estava compacto.
Não entendo. E gostaria que alguém me explicasse, como se eu fosse muito, muito, muito burra mesmo. Como é que com as obras quase a terminarem o trânsito fica 300% pior? Já ouvi relatos de filas de 10 km...
Tem lógica? Não estou a ver nenhuma...
Mas isto sou eu e o meu mau feitio.
Agora vou mas é agarrar-me ao que me trouxe a estas bandas a estas horas madrugadoras.

tags: ,
publicado por K às 08:21

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)