Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 17 de Junho, 2009

Já são agora 00:35, logo já estamos, oficialmente, na quarta-feira... e só agora venho falar do fim-de-semana que passou? Pois que digamos que não tenho tido muito tempo, o que é bom sinal, por outro lado, as mini-férias foram tão boas - e eu preciso tanto de descansar - que não queria deixar que passassem ao lado... por isso, atrasado ou não, aqui fica o resumo:

 

4ªFeira 10 de Junho
Acordei muito tarde, por volta das 16h :o Then again, no dia, ou melhor, noite de 2ª para 3ª tinha feito directa (trabalho) com muita bagunça à mistura... logo, estava mesmo a precisar de descansar e foi o que fiz. Ou seja: nada. Passei o resto do dia em casa a "sofar" e ver televisão, soube muito bem, assim uma forma de relaxar o pobre do neurónio que já nem sabe para que lado se vai virar...

 

5ªFeira 11 de Junho
Almoço nos pais com uns amigos que há muito não estávamos juntos. Muito bom. No final do dia ainda fui com uns amigos ao cinema ver o Anjos e Demónios. Não li o livro, por isso não comento se esta adaptação é melhor do que a do Código de DaVinci, mas gostei mais deste filme do que do anterior. Mesmo o género sendo o mesmo.

 

6ªFeira 12 de Junho
Praia. Que maravilha. Mesmo com as "brejerices" ao lado - Portugal no seu melhor, sem dúvida. Mesmo tendo sido picada por uma vespa. Que bem que soube. Por a leitura em dia. Não fazer nenhum. Apanhar banhos-de-sol e de mar. Óptimo.
Ainda tentaram desencaminhar-me para ir aos Santos... mas não é bem a minha onda. Por isso, voltei a ficar em casa. E é bom sentir-me bem na minha casa. Poder gozá-la um bocadinho, porque nos últimos tempos nem isso tenho conseguido.

 

Sábado 13 de Junho
Passei o dia na piscina da C na Parede, juntamente com o meu sobrinho lindo. Está uma peste. ;) Deu para matar um "pouquinho" das saudades. Mesmo com o tempo "meio encoberto" soube muito bem.
Antes de jantar cafézinho com a Sophes. Há muito que não púnhamos a conversa em dia e foi óptimo.
Ainda fui à Dechatelon de Sintra (à procura do "jingarelho" para a bicicleta, depois de ser informada que era ilegal, logo desisti) e à FNAC onde cometi uma ligeira estravagância... que me "obrigou" a fazer uma "pequena maratona de dvd" quando cheguei a casa :$

 

Domingo 14 de Junho
Mesmo a chover, lá fui para a Marginal, o tema era "Mexa-se na Marginal" e eu bem que me mexi. Primeiro a aventura aqui em casa, na garagem, de colocar a bicicleta no porta-bagagens (lindo), serviu para exercitar os braços do melhor. Mas descobri que, sem qualquer problema (como tudo na vida é preciso ter jeito), cabe no carro e não preciso de mais nenhum apetrecho.
Como eu ía dizendo... mesmo a chover, estava uma temperatura óptima... e lá fui mais a Sophes e o N fazer o percurso até Carcavelos. Excelente. Para não variar havia de tudo. Incluindo a mãezinha a gritar para a filha "Cala-te!!! Já não te posso ouvir".
De regresso (mais um tira e põe a bicicleta, fiquei mesmo "pró", do porta-bagagens), fui comer qualquer coisa com a Cristina L ao bar dos gémeos. Pusemos um "pouquinho" da conversa em dia (ainda me cruzei com o Nuno e Sandra; ah e a minha chefe).
Ao final da tarde fui apanhar a Ana à estação do Oriente. Demos uma voltinha, acabámos na Marginal e resolvi levá-la até ao moinho, fazendo o percurso pelo Guincho. Adorou. Claro que a conversa aqui em casa terminou já perto das 02h. Mas nenhuma de nós deu pelo tempo passar.

 

Dito desta forma tão telegráfica... parece que estes dias não foram nada de especial... mas é exactamente o oposto. Na 2ª Feira parecia que tinha estado fora do escritório (com todos os assuntos pendentes) e do resto da minha bagunça pessoal duas semanas. Ou seja, consegui, de facto, carregar baterias em actividades tão simples. E era isso que eu estava a precisar.

;)

tags: , ,
publicado por K às 00:34

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)