Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Domingo, 29 de Janeiro, 2012

E quando estamos a discutir com alguém - até aqui tudo bem, diferentes opiniões, quando bem conciliadas, podem levar à evolução; noutros casos levam só à estupidez - e reparamos que tem a base toda mal espalhada? Os nossos olhos contrariam a voz de comando da cabeça e teimam e fixar todos os "bocados" (não há outro termo) de base que ficaram por espalhar adequadamente pelo rosto da nossa interlocutora. Lindo! E sim, naturalmente, continuo a não perder o fio à meada na discussão. Mas, temo ser mal interpretada ao olhar fixamente para alguns pontos da cara da pessoa. Tenho de fazer um esforço enooooorme para desviar o olhar. Resolvo fixar um ponto na folha de papel à minha frente. Isto só a mim.

É semelhante à situação em que estamos a falar com alguém que tem algo nos dentes, o deixou a braguilha aberta, ou... whatever. Se não tenho confiança com a pessoa, naturalmente, não digo nada - sim, pode não ser o mais recomendável (afinal, a pessoa vai continuar a fazer figura triste para quem estiver mas atento), mas não me sinto à vontade para, em alguns casos, invadir essa esfera mais "íntima".

tags:
publicado por K às 11:54

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)