Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 17 de Janeiro, 2012

Para começar bem o dia, nada como virem questionar e colocar em causa a nossa capacidade de decisão, insinuarem que sonegamos informação à equipa (esta, então é linda!) e deixarem no ar a dúvida se, efectivamente, irá resultar o que decidimos. E se dúvidas existem, quanto à interpretação (que eu esteja a fazer) do interlocutor, ainda fui brindada com uma frase tipo "sempre quero ver, no que isto vai dar". Bonito.

 

Até me ria à gargalhada, mas, infelizmente, de tão triste que é esta situação não tenho a menor vontade de dar largas à boa disposição. Bem pelo contrário. É quase, quase, o jackpot. Mas o dia ainda não terminou. Ainda vamos a tempo que nos saia o jackpot no que toca a colocarem em causa as nossas capacidades e como gerimos a equipa. Do melhor.

tags:
publicado por K às 13:54

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)