Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 26 de Maio, 2009

Ainda a propósito do tempo de espera... odeio esta coisa muito portuguesinha de deixar os outros pendurados, indefinidamente, à espera. Tudo bem, há contratempos, avisa-se que se vai chegar atrasado (ou atrasada). Remarca-se para outra hora... mas já passaram duas horas desde a "nova" hora marcada. Será que acham que não tenho mais nada para fazer do que esperar por suas excelências? Que falta de profissionalismo, de respeito pelo trabalho dos outros. Falta de tudo!!!
É por estas e por outras que o país não anda para a frente!!!

tags: ,
publicado por K às 15:55

Hoje estou para contar as minhas experiências com estrangeiros, são menos que as que teria que contar se falasse de mim. Eis então a história que o suíço vivendo numa aldeia do Algarve me contou: tendo o dito consulta marcada para as 9:30 no centro de saúde conta-me indignado que, às 11 chega a senhora dótôra ", CÃOZINHO AO COLO, NEM BOM DIA, (quanto mais justificação).
Fulano a 27 de Maio de 2009 às 14:44


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)