Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 13 de Maio, 2009

Os médicos já decidiram... a minha mãe vai fazer tratamentos de quimioterapia. Ainda não sei se serão "muito agressivos", "mais ou menos"... só quando ela for à respectiva consulta saberemos.
Revolta-me que não se consiga, de vez, combater esta maldita doença.
Revolta-me que a minha mãe, logo o meu pai, logo eu e todos à nossa volta, mas muito em especial ela, esteja a passar por todo este sofrimento.
Revolta-me esta impotência de não conseguir resolver, de uma vez por todas, este assunto.
 

Tenho de transmitir-lhes toda a calma, apoiá-los a 200% (começa já este fim-de-semana, para "recuperar" a azáfama dos últimos tempos em que quase nem lhes consegui dar a atenção devida). Acima de tudo, tenho de cuidar para que nenhum deles baixe os braços e se deixa abater por esta maldita doença. Num pode. Temos de lutar e conseguir levar a melhor. E vamos chegar lá.
Se não me faltarão as forças a mim? Eu sou pequenina, por vezes pode parecer que "esmoreço", mas é apenas momentaneamente. Consigo ir buscar o ânimo e a energia necessária, mesmo nas alturas mais complicadas, e contagiar todos à minha volta.

tags: , ,
publicado por K às 17:25

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)