Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 27 de Outubro, 2011

Já gostei muito, mesmo. Fui ao concerto especial (?) que fizeram no pavilhão atlântico - aquele em que o público não se calou e prolongou durante algum tempo o refrão de "Em Timor...", numa altura em que o mundo começava a acordar para a realidade Timorense (apesar de, supostamente, nós, há muito, sabermos, mas nem sempre nos lembrávamos).

Isto para dizer que já fui fã. Já não sou, por mil e uma razões. Mas, sem dúvida, há músicas que ainda me dizem muito. E pelas mais variadas razões.

 

Agora... o que me faz alguma "espécie" é esta coisa do "35 anos de Trovante". Então, mas se eles terminaram há não sei quantos anos... 35 anos em que mais de metade (nem fui fazer contas) não existiram? E esteve cada um para seu lado? Tudo bem, resolveram voltar a juntar-se, ao vivo, e vão dar concertos. É um país livre e, com toda a certeza, vão encher a(s) casa(s). Agora... sinceramente, faz-me alguma confusão que façam alusão aos "anos de longevidade" de uma coisa que, pelo meio, foi interrompida inúmeras vezes. Mas, isto sou eu e o meu mau feitio.

tags:
publicado por K às 23:01

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)