Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 06 de Outubro, 2011

Já em tempos idos, falei sobre esta frase.

Mais uma vez, como em tantas outras coisas, a história repete-se.

E hoje, como noutros dias, lembro-me disto:

Preciso ser forte. Sei que sou. Mas há momentos em que vacilo. Em que me faltam as forças. Sei que sou humana. Hoje faltam-me, mas amanhã vou tê-las outra vez. Porque, efectivamente, o ser humano é fantástico. E, de facto, aguentamos mais, muito mais do que imaginamos. Primeiro, porque não temos outra hipótese. Depois, porque este nosso instinto de sobrevivência consegue, sempre, sobressair contra tudo e contra todos.

Vou até ali recarregar baterias, sim?

tags:
publicado por K às 22:00

olá, como é que te estás a sentir? tenho lido os teus textos ( embora nem sempre comente ) e tenho-me apercebido de que tens alguém doente, na família ou amigos... como é que está essa familiar ou amiga ? as melhoras para essa senhora ou senhor. e um bom fim de semana para ti. muita força para o teu trabalho. beijos
nuno a 8 de Outubro de 2011 às 18:52

obrigada.
K a 9 de Outubro de 2011 às 10:54


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)