Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 27 de Setembro, 2011

Ando numa roda viva (*), mesmo quando estou em férias. Estes dias tenho-me esforçado para, sem culpas, fazer, apenas e só, o que me apetece, naquele momento. E é o que tenho cumprido, com raríssimas excepções. Apesar de, volta na volta, me vir à cabeça uma série de afazeres (profissionais) que tenho de despachar (e que, a bem dizer, tenho adiado, o mais possível). Mas, "c'os diabos" (diz o meu neurónio, para ele próprio), "afinal, K., estás de férias... ou não?"

Mas, enfim, a sorte é que têm estado bons dias, tem dado para dar uns saltinhos à praia, descansar, passear e tudo e tudo o que em férias temos direito e mais umas coisas. Tanto é que já dei conta de um livro e estou quase a terminar outro. As saudades que eu tinha destas maratonas.

Está quase a chegar o dia de regressar à confusão da capital, ainda a tempo de resolver alguns assuntos, antes de enfrentar os dias de labuta. Mas, enquanto esse dia não chega, há que aproveitar, até ao último raio de sol.

 

(*) atenção, para que não haja confusões, esta roda viva a que me refiro é cerca de 180º distinta da habitual aquando os dias de trabalho

tags:
publicado por K às 01:24

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)