Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 29 de Abril, 2009

Hoje faz anos um grande homem, o meu pai. Uma pessoa com quem SEMPRE pude contar, no matter what. Nem sempre estamos de acordo, é certo. Temos pontos de vista muito diferentes sobre muitos assuntos, a começar no clube de futebol de eleição, política... Tivemos (e ainda temos) alguns diferendos... mas nada disso interessa. Porque estamos lá sempre, ele e eu, para o que der e vier. O amor incondicional pai-filha omnipresente, sempre. Nos últimos tempos temo-nos aproximado mais ainda, com tudo o que temos passado, serviu para nos unir ainda mais.
Tem o seu feitio,  como todos nós, mas, acima de tudo é um coração de manteiga. Comovo-me quando ele se emociona. É com muito, muito orgulho que chamo de PAI. Faz hoje 60 anos e está de Parabéns!

tags:
publicado por K às 22:24

Grande homem sim senhora :) Muitos Parabéns :)
Sónia a 29 de Abril de 2009 às 23:23


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)