Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 17 de Setembro, 2011

Era suposto queixar-me menos... eu sei... mas, perante a perspectiva de levar algum trabalho para férias (yuuupiiieeee ou talvez não!) e estar, hoje, sábado, no escritório, a terminar umas coisas, adiantar outras e... achar que esta coisa de ir de férias tem muito que se lhe diga. Só porque, antes de ir, trabalhamos que nem uns loucos, sim, ainda mais do que o normal; por vezes, durante as ditas, também continuamos a ter de despachar algumas coisas; e quando voltamos, é chegada a hora, outra vez, de trabalhar que nem uma louca para dar conta das coisas.

Relembrem-me, outra vez... desde quando é que isto são férias, mesmo?

 

E para que conste... faço-o porque gosto (então por que me queixo? pois, não sei!), porque existem responsabilidades e há coisas que têm, mesmo, de ser despachadas. E... enfim.

tags:
publicado por K às 11:29

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)