Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 14 de Setembro, 2011

A minha primeira reacção é ficar estupefacta, incrédula, logo... sem reagir (giro: primeira reacção é não reagir, está giro!). Depois de algumas horas (e sem ter descansado por aí além que o trabalho urge para quem quer gozar umas merecidas férias), dou por mim a reflectir algo do género:

Será que esta coisa da monogamia... é mesmo uma invenção do último século e meio? Assim tipo aquelas "descobertas" que alguma parte do que vem nos compêndios de história é, um tudo nada, "adaptado" para, de certa forma, tentar guiar as pessoas para um determinado rumo - ao fim de duas ou três gerações, o que lá vai, lá vai e o que se aprendeu é que vale. É a chamada lavagem cerebral.

Mas, já me estou a desviar...

 

Será, mesmo, que somos, como tantos outros animais (mais inteligentes, ou não), manifestamente adeptos de ter diversos relacionamentos (amorosos) em simultâneo? Faz-me alguma confusão, tenho de admitir. E, assim à primeira vista e, pelo menos para mim, não vejo com muitos bons olhos - mas isso sou eu e o meu mau feitio - é daquelas coisas em que sou, bastante, egoísta: o namorado (marido, etc.) não é para partilhar. Ponto. Mas, sou eu. Há quem conviva muito bem com essa situação, não são egoístas, como eu.

 

Porquê tudo isto? À minha volta existem algumas situações de "partilha" - algumas de quem eu, à partida, não esperaria, sequer - e, dá mesmo que pensar.

tags: ,
publicado por K às 07:43

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)