Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quarta-feira, 31 de Agosto, 2011

Para mudar um pouco a agulha. Porque é preciso, também, faz bem e alivia um pouco. Venho confessar algo - seria inédito mas, creio, já não é a primeira vez que conto este devaneio.
Então não é que a minha tendência para a cozinha parece que quer mesmo ficar?
A minha "iálma" está parva. Continuo a achar que será sol de pouca dura, assim como este Verão. Mas, pronto, vamos ver no que isto dá.
Ah e, entretanto, aqui fica uma recomendação de um site catita que, até ver, merece destaque na lista dos "Dias que visito" ali na barra à esquerda (só por mero acaso localiza-se à direita... a minha dislexia anda cada vez melhor).
Se algumas pessoas com quem não convivo há algum tempo, por nenhuma razão especial, a vida é mesmo assim e pronto, me ouvissem afirmar este meu desejo recente... iriam, com toda a certeza, perguntar-me se estaria a sentir-me bem.
Será mesmo um devaneio de Verão? Será que estou doente? Será?

tags:
publicado por K às 13:24

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)