Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 16 de Agosto, 2011

Não é como o sexo e a cidade, mas, por vezes, mais parece. Depois de, há uns anos atrás, me ter fechado tanto e não ter pedido ajuda a ninguém - porque achava, estupidamente, que ninguém tinha de levar com os meus stresses e preocupações e tudo e tudo - e ter aprendido, da pior forma, que é preferível ir contado a "alguéns" que, por vezes, até nos ajudam a ver as coisas de outra forma; dão-nos muita força e tal e coiso... hoje em dia, não sou assim. Aliás, às vezes, até penso que falo demais. Mas, adiante. Mais vale a mais do que a menos.
Hoje foi dia de cafézinho-s.o.s e, a bem dizer, soube muito bem. Falamos à vez. E é um carregar de bateria que me dá alento e ânimo. Recomendo a toda a gente: arranjem bons amigos e desabafem com eles. E sim, também me chamam à razão quando estou a ser injusta - não foi o caso, hoje - tanto a AL como a P deram-me razão numa série de questões. É bom achar que não sou louca, ou não estou a ver filmes. E que até tenho razão para achar isto, ou aquilo. É tão bom ter amigas, destas. Mesmo.

tags:
publicado por K às 22:25

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)