Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 01 de Agosto, 2011

Está um tempo de porcaria? Who cares? Quanto muito os desgraçados que estão de férias - se estão de férias, mesmo com tempo da treta, não reclamem, porque já é muito bom não estarem a trabalhar. Podem sempre aproveitar para inundar centros comerciais e contribuir, mesmo que de forma singela, para ajudar o país sair da crise. Os outros, deixem-se de lamúrias e trabalhem.
Pior, pior é ao fim de não sei quantos dias e após inúmeras tentativas de instala isto, retira aquilo se chegar à conclusão que os problemas com o meu computador se mantêm. A solução encontrada? Pois claro que começa com a letra "F" e acaba em "R". Vou passar hoje um serão à maneira, a copiar tudo o que é absolutamente necessário para um disco externo, para amanhã, então, se proceder à formatação de tudo. Será quase como que um re-iniciar da coisa. A ver se, finalmente, "opois" o office resolve funceminar sem me causar cabelos brancos. É que não me faltava mesmo "mai" nada a juntar a tudo o resto, pois claro.

[Nota: post corrigido às 22:20]

publicado por K às 16:25

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)