Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sábado, 23 de Julho, 2011

De vez em quando surgem notícias como esta que nos deixam profundamente irritados com esta coisa da "raça humana". A mente de alguém que resolve disparar, como se estivesse num qualquer jogo de guerra, de forma indiscriminada, matando os que estão à sua volta, baseia-se em quê, para decidir tamanho acto? E não (apesar de ter referido), não creio que os jogos de computador e filmes etc. e tais tenham influência. Malucos sempre existiram. Sempre. E não se esqueçam que, em cada época, sempre existiram filmes e jogos e afins, com a mesma temática e, nesse tempo, todos arrojados e "reais" q.b. (sim, até os de índios e cowboys). É triste, muito triste.

tags:
publicado por K às 10:35

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)