Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 07 de Julho, 2011

Lamentavelmente, tenho de admitir que o concerto de ontem à noite dos Coldplay foi, na minha modéstia opinião, lá está, fraquinho. Estava à espera de mais, muito mais. Tanto no que diz respeito ao envolvimento com o público – nem sabia em que cidade estava? Alguém lhe explicou que era em Algés? Perto de Lisboa? Pelo menos sabia que era Portugal… valha-nos isso.

Houve momentos em que me pareceu que a voz do shô Chris Martin o estava a atraiçoar – mas pode ter sido imaginação minha.

O alinhamento não fugiu ao que já se sabia – tenho uma amiga, croma nestas coisas, que nos tinha divulgado, na véspera, o que iríamos ouvir – apenas uma troca na ordem das músicas. Terão faltado algumas, das muito populares, sim. Mas esse, para mim, nem foi o maior problema.

A expectativa era muito alta – e esse talvez seja o ponto fulcral – e, não tendo havido quase envolvimento com a audiência, nem quando o público quis esticar uma das músicas (O Viva La Vida), simplesmente ignoraram e seguiram com o que tinham planeado.

Bem sei que um festival é diferente de um concerto dedicado. Há timmings a cumprir. Mas, bolas, sendo cabeça de cartaz, como tal, os últimos a actuar, podiam ter-se alongado mais um pouco.

Saí desiludida, tenho de admitir. Não posso, contudo, afirmar que foi um mau concerto. Foi razoável. No entanto, dos toca frio esperava mais. Sim, mau feitio da K. em grande, sem sombra de dúvida.

tags:
publicado por K às 13:46

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)