Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 30 de Setembro, 2008

Queria que esta raiva que me consome desaparecesse.

Este desânimo que me percorre as veias se desvanecesse.

Queria ter vontade de voltar a sorrir, honestamente, sem forçar.

De voltar a rir-me, com gargalhadas que nos enchem a alma.

Queria que a desilusão se fosse e levasse com ela a tristeza, a mágoa, o ressentimento.

Fechar os olhos, respirar fundo, voltar a abri-los e tudo já ter passado.

Queria que a dor deixasse de aumentar e que desse lugar à alegria.

As lágrimas lavassem, de vez, o meu coração.

Queria...

 

Sei que tudo de mau vai passar, que tenho de dar "tempo ao tempo"...

Também tenho consciência que são estas (pequenas GRANDES) situações nos fazem crescer, aprender, viver - quanto mais não seja para conseguirmos dar valor às coisas boas e agarrarmo-nos a elas quando surgem.

Sei isso tudo.

 

Never the less... Será que não podia passar... já?

 

P.S.: Por este andar, corro o risco de todos os títulos se chamarem "blue"... nahhhh que eu sei que não tarda, ou melhor, mais tarde ou mais cedo, a cor será bem diferente.

tags:
publicado por K às 22:41

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)