Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 03 de Maio, 2011

Não sei se ria se chore... o primeiro-ministro demissionário vai apresentar no intervalo do jogo o pacote das medidas de ajuda externa. No intervalo do jogo? É para ver se a malta esquece, logo de seguida? Ah o melhor é não interromper a bola. Em dia de competições europeias. Mas, mas, mas, está tudo louco? Eu adoro bola, mesmo. Mas, creio, há coisas prioritárias, tipo sabermos o que nos vai acontecer nos próximos anos... não? Ou será que vai falar sem dizer nada? (Como é habitual nele e na restante classe política, quase sem excepção). Mas, está tudo doido? Ainda nem quero acreditar. Depois de ler a notícia no público fico muito mais descansada



Parece que o Sócrates foi às 18:30 ter uma audiência com o Presidente da República. Está, então, tudo explicado. Ou ficaram os dois compadres a assistir à meia-final, vai daí, no intervalo, entre as imperiais, mentira, o vinho rosé, resolve dar umas satisfações ao país. Ou então, Sócrates vai a Belém (terá ido) às 18:30, sai às 19:00 (não deve ser preciso mais, para inteirar o PR do que nos vai acontecer) desloca-se até à tasca mais perto, perdão, restaurante assistir à partida de futebol. Ou melhor, sai da residência oficial do Cavaco e em marcha urgente regressa a São Bento, ainda consegue assistir ao início - teve mais sorte que eu. Na volta sou muito mazinha, porque até nem aprecia esta coisa de pobre de andarem 22 caramelos (mais a equipa de arbitragem) atrás de uma bola. Ridículo. Sempre quero ver de onde falará o Sócrates. De Belém? São Bento?

Medoooo

 

[update: foi em São Bento, a declaração.
Se já não estava em Belém, porque esperou até às 20:40 para se dirigir ao país? No intervalo da bola?
Aparentemente está a dar alguns esclarecimentos.
Gosto do ar do Teixeira dos Santos.
Nem sei o que dizer sobre o discurso.
Ah faltava a colher de chá: as medidas da troika são as do PEC IV, essencialmente. Mas, afinal, parece que há novidades, nem tudo é igual. Sócrates no seu melhor. E, o que é pior, creio que vai ter, novamente, maioria relativa nas próximas eleições. Dá para renovar (quase) toda a nossa classe política? Dá?
Tenho de ver, com mais atenção, quando amanhã forem publicadas as referidas medidas. Mas não podia deixar de lamentar todo este espectáculo.]

publicado por K às 20:17

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)