Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 26 de Abril, 2011

E a quantidade de vezes que pego no telefone para falar com alguém, selecciono a pessoa em questão e o "tufone" faz o papel dele, efectua a ligação e ouve-se o sinal de chamar. Não raras vezes, assim ao terceiro toque, dou por mim a pensar "mas para quem é que eu estou a ligar, mesmo?". Desvio o "tufone" da orelha, olho para o nome no visor - que belíssima invenção - e logo me vem à memória qual o assunto que pretendo falar com essa pessoa e a razão do meu telefonema. Quais volta ao aquário, quais quê. Por vezes tenho noção que ainda nem cheguei a meio da volta do aquário e já se me varreu a informação e desconheço porque raio ando às voltas no dito recipiente. Vidas!

publicado por K às 11:54

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)