Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 22 de Abril, 2011

Estou meia constipada, com dor de garganta e tudo. :( Bela forma de começar estas mini-férias de 4 dias, sem dúvida. Ontem, depois de sair do trabalho ainda fui ao gym, a ver se a actividade física ajudava a combater os vírus ou seja lá o que é isto. Estava de tal forma empolgada que até me atrasei - sim, és vero!
Hoje não estou melhor. Também não estou pior, mas... a juntar a isso há toda uma preguiça que me invadiu. Não me apetece arrumar a casa, nem nada dessas coisas. Esta vida é, realmente complicada. Creio que vou ficar a preguiçar o tempo todo no sofá. Entre livro do momento, filmes, televisão, playstation, eu sei lá! A trabalheira que vai ser, estou mesmo a ver! Pois, ele há alturas em que não faz mal nenhum se nos deixarmos levar por esse pecado. Mesmo sendo 6ª Feira Santa.

[update às 16:48:
Afinal, do auge da minha neura deu-me para limpezas de armários. Separar o que vou dar do que vou manter. A coisa está com bom aspecto, mesmo. Como é possível guardarmos tanto por tanto tempo? Só de ver o que, até ao momento, já separei e está no hall de entrada (fica mais perto da saída) fico envergonhada. Com tanta gente a precisar e eu com tanto para poder ajudar. Vou investigar onde posso deixar. Entretanto, reparo que tenho fome e lembro-me nem almocei. Não tarda tenho de me despachar, para o jantar de anos da AC. E assim se passa um feriado. Até acabou por ser bem produtivo. Ai que fome. Acho que ainda antes disso vou ao merecido banho]

tags:
publicado por K às 12:54

Eu se estivesse de mini-férias nunca estaria doente.:)
Dylan a 23 de Abril de 2011 às 12:25


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)