Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Sexta-feira, 15 de Abril, 2011
Amanhã tenho um casamento de uma amiga. Hoje foi dia de ir arranjar as unhas
- sim, consegui à hora marcada enviar o que tinha e, ainda assim, chegar a
horas à marcação - regresso e volto ao virote, para a parte da tarde. Começo
a reparar que as teclas (do teclado) estão com umas substância estranha.
Diria assim tipo um "gel". Olho para os meus dedos... nada, tudo óptimo.
Começo a olhar para o tecto, a indagar de onde será proveniente semelhante
substância. Peço a uma colega para me vir ajudar no mistério. «Ah isso é do
secante que ela te pôs!» - afirma, num ápice, a RC. Mas, então e agora, como
é que eu trabalho, com o teclado neste estado? Corro o risco de o empestar
completamente. Vidas!
E... será por isso que as letras estão a sumir? Ou melhor, em algumas
teclas... já foram de vez? E... isto tendo sucedido noutras vezes... eu não
dei por nada? Vindo de mim, não me espanta. Pode ser que tenha descoberto o
mistério das teclas desaparecidas. Agora... ou deixo de arranjar as unhas à
hora do almoço (faço-o ao final do dia, quando já não estarei perto do
teclado), ou lhes peço para esquecer o secante... ou... arranjo um teclado à
prova de secante das unhas! Ora aí está uma invenção que, quem sabe, dava
uns bons trocados!
publicado por K às 15:26

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)