Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 04 de Abril, 2011

E agora algo que será, sem sombra de dúvida, um dos maiores mistérios da actualidade... melhor, da humanidade...
...
...
...
Por que será que quanto maior a neura... mais a bagunça se instala aqui em casa? Qual a lei do universo que rege estes (des)equilíbrios? E existe, também, o outro efeito que, por vezes, se verifica por estas bandas... quando a neura já tem um tamanho tal... dá-me para começar a arrumar de uma ponta à outra, como se não houvesse amanhã. Não se percebe!

Neste momento, a fase é: bagunça instalada... checked!

publicado por K às 23:36

olá! então, como vai esse pé? já não é a primeira vez que leio num blog " quando estou com a neura, dá-me para arrumar tudo "... pelo que penso que isso é uma coisa típica das mulheres, ou enquanto se arruma, não se pensa em mais nada. beijos e as melhoras.
nuno a 5 de Abril de 2011 às 15:21

Ou então... é uma forma de arrumar ideias, enquanto se arruma outras coisas ;)
K a 6 de Abril de 2011 às 19:15


mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)