Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Segunda-feira, 04 de Abril, 2011

Diz que é para ser um dia de cada vez.
Diz também que nem sempre tudo é mau.
Diz que, algures, depois da tempestade virá a bonança.
Diz que nem tudo corre como gostaríamos que fosse.
Diz tudo isso e um milhão de coisas mais.
Bem sei.

Mas... mas... mas... será que dava para aliviar um pouco?
Será?
Terá sido um dos piores fins-de-semana de que há memória - e se agora "falo" nisso, é porque, aparentemente, (assim esperemos) o pior já terá passado - mas, foi mesmo muito mau. A ver se não será só fogo de vista e se, efectivamente, haverá umas ligeiras melhoras daqui para a frente. Estas ditas serão mini-mini-mini-mini-mini-mini-vitórias, mas conseguirão, de uma forma ou de outra, dar o ânimo necessário.
Terá sido um dos piores... e eu de castigo em casa, com o pé em repouso. Nem fui lá dar um beijinho, a cada um deles. Sim, eu não podia ir, é certo. Sob pena de ainda (des)ajudar a tornar tudo pior. Mas que raios! (Só para não escrever palavrões).

Diz que há momentos difíceis, ao longo da nossa vida.
Diz que são nesses instantes que conseguimos, realmente, entender a matéria de que somos feitos. A forma como lidamos nas adversidades: enterramos a cabeça na areia, qual avestruz, à espera que passe a manada? Ou enfrentamos o tsunami, sismo e sei lá mais o quê? E fazemo-lo, mesmo sem saber muito bem como... nem de onde vêm as forças. E... naqueles momentos em que parece que elas se desvanecem? Está a ser complicado. Muito. São altos e baixos. Tento, a toda a hora, repetir e convencer-me. A questão é que os baixos têm sido bem no fundo e cada vez a uma profundidade maior e os altos, por outro lado... têm sido bem pequenos.
Custa tanto vê-los a sofrer desta maneira. Mas tanto.
Diz que há que ter paciência.
Diz que sim.
E amanhã é outro dia.

tags: ,
publicado por K às 23:35

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)