Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 24 de Março, 2011

Ideia algo estapafúrdia, ou talvez não. E, com toda a certeza, já algumas alminhas terão sugerido. Que tal os nossos ilustríssimos partidos políticos NÃO gastarem um centavo para fazerem campanha política para as próximas legislativas - que, recordo, irão suceder, porque o governo demitiu-se - e se estamos em crise e se não há pacto de estabilidade económica que nos valha e tudo e tudo e tudo... creio que seria a bem de todos nós, logo, um bem Nacional, não se utilizarem os fundos para as campanhas políticas. Cada um dos partidos, agarrava nesse dinheirinho e entregava-o, direitinho, ao próximo governo, seja ele qual for, para tentar ajudar a cumprir os tais requisitos económicos. Se são migalhas, comparativamente ao objectivo final? Provavelmente sim, mas grão-a-grão... e, para além disso, é uma questão moral e, em simultâneo, davam um excelente exemplo - outra coisa que, infelizmente, falha, e muito, na nossa classe política.
Mas isto são ideias, meio estapafúrdias, da K.

tags:
publicado por K às 18:36

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)