Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Quinta-feira, 17 de Março, 2011

Doidas andam as galinhas e os galos também. Aqui há uns tempo havia qualquer coisa na água, porque (quase) toda a gente à minha volta estava grávido - quase toda a gente, naturalmente, é um exagero... mas digamos que perto de 40% ou 35% estavam o que, creio, é um imensidão - até comentava que devia ser sido colocada qualquer substância na água, para justificar o boom de gravidezes.
Desta feita, a "febre" é outra e, infelizmente, mais triste. Até ver com menos percentagem de incidência (e ainda bem!), mas levando-me a crer que anda tudo doido. As galinhas e os galos. É um casal próximo (não posso considerar amigo) que anuncia que vai divorciar-se, outro casal amigo que está a atravessar uma crise muito complicada - daquelas muito sérias que abalam os relacionamentos e, por vezes, deixam marcas muito profundas - outro também que está a passar uma fase nada famosa. Está tudo doido! É o que vos digo.

tags:
publicado por K às 13:23

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)