Há dias excelentes, memoráveis. Há também os menos bons. Os marcantes. Os decisivos. Este espaço é, apenas, um conjunto de desabafos fruto dos dias que vou percorrendo e da minha (in)sanidade mental. E, tal como eu... tem dias!

Terça-feira, 15 de Março, 2011

Longe vai o tempo em que o país parava para assistir ao festival da canção tanto em Portugal, como na emissão da eurovisão. Basta eu ir para fora uns míseros dias e... quando regresso descubro que em 2011 o tema festival da canção voltou para a praça pública. Tudo culpa dos Homens da Luta. Vão ser os nossos representantes, pois ganharam a final do festival em Portugal. Será (mais um?) sintoma do nosso estado da nação? Ah e parece que havia algumas vozes dissonantes, que a música tinha cariz político e, como tal, esteve em perigo de não ser aceite para participar no concurso. Confesso que quando me contaram nem queria acreditar. Neste país de brandos costumes. Do "vai-se andando, com a cabeça entre as orelhas". Do "eles lá em S. Bento é que têm os livros". Afinal, vamos tendo uma ou outra amostra que, bem lá no fundo, não nos conformamos com o estado das coisas. Mas, infelizmente, não vamos mais longe. Ficamos por aqui mesmo.
Seja como for, lá vamos ter o Falâncio e o Jel, mais o resto da troupe. Dá-lhe, Falâncio!
Homens da Luta - A luta é alegria (actuação final)

publicado por K às 13:57

mais sobre mim
Gosto de...
Dias de Verão: praia, calor. Dias de Inverno: frio e neve. Família. Amizade sincera. Amor. Cantar a plenos pulmões. Dançar até cair para o lado. Boa gargalhada. Fazer tudo e coisa nenhuma. Música. Bom livro. Bom filme. Gelados. Chiquelates. Café. Chá. Dormir. Acordar com vontade de gozar o dia. Conversar horas a fio. Silêncio. Mar. Lua. Estrelas. Guiar sem destino. Viajar. Fotografia. Cheiro a "chuva molhada". Campo. Cidades. Cães. Ar livre. Futebol. Escrever. Pão quentinho com manteiga. Não dar pelo passar do dia. Férias. Trabalho... (nota: ordem aleatória)